terça-feira, 14 de junho de 2011

Pelo tempo que for

,

Eu te amei. Amei muito. Te dei todos os meus pensamentos, dividi com você a minha vida, te acolhi como ninguém jamais faria. Escondi minhas lágrimas pra não te transmitir minha tristeza, tentei ser forte o suficiente para estar com você, engoli muitas verdades, tentei me convencer de que era a coisa certa. E apesar de tudo, você foi embora. E eu não fiz nada pra impedir. Nadinha. Talvez fosse melhor assim. Você nunca foi meu mesmo. É, essa é a frase que eu repito todos os dias ao me olhar no espelho: ” Quem liga? ele nunca foi meu mesmo” E assim, eu continuo me enganando, fingindo que esqueci, fingindo que eu não me importo. Sabendo que vou esbarrar a qualquer hora com você na rua, que estará muito bem acompanhado e aparentemente, feliz. E eu, aparentarei mais feliz e radiante ainda, só aparentarei. E no dia que você resolver voltar, eu vou mandar o orgulho calar a boca e vou te aceitar de volta. O coração tá abusado, querendo falar mais alto que o orgulho, fazer o que né? E vou vivendo, vou levando. Fingindo estar bem, aparentando estar bem. Sem você. Sem nós. Tentando te achar em outro alguém, em vão. Até você voltar. Eu espero, vou esperar. O tempo que for.

(Nathália Pereira)

5 comentários:

  1. Aparentar estar feliz é quase como aparentar estar triste. Não vale a pena porque, aparentar de qualquer jeito é triste.Olha: Alguns dizem que amores só são bem grandes se forem tristes, mas ainda acredito que amores felizes valem mais a pena. Beijo!

    http://biacentrismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu venho fingindo ser feliz, pra ver se eu acordo dia desses, e já não sinta mais a falta dele.

    ResponderExcluir
  3. "Te dei todos os meus pensamentos, dividi com você a minha vida, te acolhi como ninguém jamais faria. Escondi minhas lágrimas pra não te transmitir minha tristeza, tentei ser forte o suficiente para estar com você, engoli muitas verdades, tentei me convencer de que era a coisa certa. E apesar de tudo, você foi embora. "

    Ta aí o problema, fazemos demais pra ter as pessoas e no momento que elas acham que deve, simplesmente se vão e não olham pra tras. Pouco se importam com nosso sofrimento!

    ResponderExcluir
  4. " E no dia que você resolver voltar, eu vou mandar o orgulho calar a boca e vou te aceitar de volta. "
    exatamente isso que acontece , independente dos planos que haviam , dos sonhos , dos objetivos. O orgulho se cala , e você se entrega a esperança !
    Muito lindo esse texto ; Parabéns !

    ResponderExcluir